segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

E OS OSSOS?

Como a maior parte da nossa vida se passa em torno de almoços e jantares, devemos adotar um comportamento civilizado, educado e natural nessas ocasiões.

Os anfitriões devem proceder de maneira que não sejam servidas numa mesa elegante iguarias que contenham ossos, espinhos, e frutas que necessitem ser descascadas ou algum prato que deixe os convidados em apuros.

Uma dúvida constante é qual método devemos adotar quanto ao frango. Devem ser servidos de preferência desossados; e, se vierem com ossos, mesmo sendo fritos ou assados, usamos garfo e faca para cortar a carne.

Para comer o frango a passarinho é permitido segurar com os dedos e com certeza só será servido assim em ocasiões informais.

Os ossos devem ser desprezados, a não ser que você esteja no aconchego do seu lar e queira se deliciar com os mesmos.

Engana-se quem imagina que a mesa é colocada para fazermos uma prova de como anda nosso comportamento. Lembre-se de que ninguém fica reparando a forma do outro proceder, a não ser que este transmita constrangimento pela falta de conhecimento do assunto.

Apesar disso, nossa elegância e educação podem ser notadas principalmente em ambientes formais. Assim, adotar comportamentos adequados contribuirá para o brilho de nossa imagem pessoal.

Um comentário:

geraldo disse...

Oi Luíza, o caroço da azeitona é outro incoveniente difícil de se livrar de forma bem elegante ou discreta! De forma figurada, considero o caroço da azeitona um osso! Geraldo