sábado, 23 de agosto de 2008

APERTO DE MÃOS

O aperto de mãos foi instituído no mundo ocidental a fim de demonstrar que duas pessoas que estabelecem uma relação estão desarmadas.
Através dele podemos transmitir segurança, desejo de dominar e até mesmo medo, porque o modo de cumprimentar revela traços de nossa personalidade.
Em algumas entrevistas de trabalho os participantes poderão ser avaliados através desse gesto.
Um aperto de mãos fraco pode sugerir timidez, um aperto forte evidencia determinação e segurança.
Dicas:
· O aperto de mãos deve partir da pessoa mais qualificada, mais idosa ou de maior cerimônia.
· Deve ser firme, não deve ultrapassar cinco segundos e acompanhado do olhar direto nos olhos do interlocutor.
· Evite balançar os braços em demasia.
· Evite estender a mão para quem esteja comendo, para médicos ou visitas a hospitais.
· Evite dar um aperto de mãos frouxo ou apenas segurando a ponta dos dedos da pessoa cumprimentada.
· Evite apertar a mão exageradamente ocasionando dor.
· Evite segurar a mão da pessoa por muito tempo, o que pode causar constrangimento.
· Em lugares fechados e formais, cumprimenta-se com o aperto de mãos.
· Quando o grupo é grande ou estando em lugares abertos, basta uma reverência.
· Não recuse uma mão estendida.

2 comentários:

Jefferson Xavier - Jex disse...

Olá Luiza Miranda!
Encontrei um comentário seu num blog sobre oratória e agora vim visitá-la. Gostei do que li. Parabéns pelos artigos.
Vou indicar para outras pessoas.
Abraço!
Jefferson Xavier
Teresina - Piauí

Luiza Miranda disse...

Olá Jefferson,
Agradeço sua visita e a indicação.
Adorei ser visitada por vc de Teresina.
Um abraço,
Luiza