Translate

sábado, 22 de novembro de 2008

BOAS MANEIRAS NOS ESPETÁCULOS


Recebi essa semana um folder contendo regras de boas maneiras nas salas de espetáculo e achei que seria uma boa informação a ser repassada, visto que muitos não possuem conhecimentos sobre o assunto.

· A pontualidade é uma forma de cortesia para com os atores e com a platéia.
· Em concertos é inadmissível o atraso.
· Caso atrase, seja discreto e procure esperar o intervalo ou as palmas para entrar.
· Assente se possível, nas cadeiras mais próximas, evitando perturbar as pessoas que já estão acomodadas.
· Procure o seu assento no intervalo e esteja ciente que ele poderá ter sido ocupado.
· Assista aos espetáculos em silêncio e evite fazer comentários durante as apresentações.
· Desligue ou coloque no silencioso, aparelhos sonoros antes do início do espetáculo.
· Caso necessite atender ao celular, retire-se discretamente para fora da sala de espetáculo.
· Se precisar sair antes do término do espetáculo, faça-o durante as palmas ou nos intervalos, nunca após iniciada a apresentação.
· Evite comer e beber na platéia, principalmente quando as embalagens fizerem barulho ao serem manuseadas.
· Ao abrir bombons e balas, faça no momento das palmas.
· Nunca coloque os pés nas cadeiras, nem no palco.
· Quando artistas ou técnicos estiverem no palco não os chame.
· Os aplausos devem ser feitos com moderação, evite exageros.
· O aplauso elegante é feito batendo-se com os dedos de uma mão na palma da outra mão imóvel.
· No teatro aplaude-se após cada ato, ao término do espetáculo ou numa cena empolgante.
· Na ópera se aplaude no final dos trechos e árias marcantes.
· Nos concertos aplaude-se à entrada do maestro e do solista.
· Em peças musicais com mais de um movimento, as palmas são mais adequadas ao final do último movimento.
· Aplaude-se a entrada de um grande artista.
· Leia o programa antes e na dúvida aguarde um pouco, antes de aplaudir.
· É proibido fumar dentro das salas de espetáculo.
· Procure ir ao banheiro antes do início do espetáculo ou nos intervalos.

Fonte: Manual de boas maneiras nas salas de espetáculo, Fundação Clóvis Salgado, Belo Horizonte/MG.

Nenhum comentário: