quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

RECICLANDO COM O MDC/MG

D. Lúcia Pacífico e Luiza

Reciclar é uma tomada de consciência, uma atitude de cidadania - MDC/MG

Com muita honra participei esta semana, como Mestre de Cerimônia, do I Seminário Estadual de Entidades Civis de Direito do Consumidor promovido pelo MDC-MG (Movimento das Donas de Casa e Consumidores de Minas Gerais).
O evento que consagrou representantes de várias cidades do interior do estado tinha como objetivo reunir as entidades de defesa do consumidor para troca de experiências e planejar diretrizes mínimas para ações futuras.
Congratulo o MDC-MG na luta pela cidadania e pelo brilhante resultado do encontro.

Parabenizo com muito carinho a deputada D. Lúcia Pacífico por sua magnífica atuação durantes anos como presidente do MDC e pelo excelente livro "...mas sem perder a ternura" que narra a trajetória dos 25 anos do movimento.
Na ocasião foram distribuídas excelentes cartilhas alusivas ao Código do Consumidor e Reciclagem.
Como o meio ambiente e reciclagem devem fazer parte da nossa vida e todos podem contribuir, transcrevo da cartilha alguns tópicos, porque percebo que muitos ainda não denotam devida importância ao assunto.
Saiba que:
· Nem tudo que não pode ser utilizado é lixo.
· O lixo produzido em sua casa contém materiais como vidros, plásticos, metal, papéis e papelão, que podem ser reaproveitados.
· Cada tonelada recuperada de alumínio economiza 5 toneladas de bauxita
· A cada 50 kg de papel reaproveitado, poupa-se o corte de uma árvore.
· O plástico fabricado a partir do plástico usado sai por menos da metade do preço do processo industrial que toma como ponto de partida o petróleo.
· O isopor não é reciclável.
· O vidro enterrado no solo, como rejeito, demora 4 mil anos para se decompor. O alumínio demora de 200 a 500 anos; o plástico, 450 anos e o papel, 6 meses.
· Não são recicláveis: embalagens de papel amanteigado, parafinado, celofane, plastificado e laminado.

O desperdício saiu da moda. Na hora da compra, pense: no supérfluo, no desperdício, nas embalagens; no tamanho que o seu lixo vai ficar; na quantidade de lixo na cidade; nos gastos com a limpeza urbana; nos impactos ambientais e no consumo de energia.

Fonte: Cartilha - É hora de acabar com o desperdício. MDC-MG – Movimento das Donas de Casa e Consumidores de MG.

Nenhum comentário: