sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

CERIMÔNIA DE FORMATURA


A colação de grau é uma cerimônia que pode tornar-se infindável e maçante se não houver um planejamento adequado.

Principalmente, quando a turma de graduados é extensa e os convidados, geralmente um grande número de parentes, fazem verdadeiras fanfarras quando o formando é anunciado, estendendo ainda mais o evento.

Podemos observar ainda, um espetáculo à parte, com uma programação beirando ao burlesco que é precedida por cantorias, discursos piegas e algumas apresentações de qualidade duvidosa.

A mesa principal deve ser composta por um número pequeno de personalidades, a fim de que os discursos sejam abreviados.

Caso haja descuido na programação e, ela seja longa e cansativa, poderá ocorrer um mal estar geral entre os convidados e a ocasião tornar-se um martírio.

A fim de que não comprometa a qualidade do evento é recomendável que os cerimoniais estejam atentos a detalhes como, por exemplo, verificar a quantidade de discursos e alunos, para que a cerimônia seja agradável para todos os participantes.

A cerimônia deve se pautar na simplicidade, programação elaborada e respeito ao cronograma, para que seja um sucesso.

Referência bibliográfica: Kalil, Glória. Alô Chics. Ediouro. 2007

Nenhum comentário: