sábado, 22 de dezembro de 2007

ORA, CAROÇOS!!!!!!

Um amigo participava de uma festa. Ao comer uma apetitosa empada, mordeu com vontade o caroço da azeitona do recheio e quebrou um dente.

Imagino que várias pessoas já passaram por situação semelhante e sentiram a humilhação de servir de motivo ao riso dos presentes.

Sei de várias saias-justas, relatadas por alunos. Por exemplo, a de uma pessoa que engoliu sete caroços da famosa redondinha, porque não sabia como se livrar deles.

Outra situação hilária é a de uma senhora que colocava os caroços no bolso do paletó do marido, deixando o mesmo muito constrangido.

O ideal seria que todos os pratos fossem servidos com azeitonas sem caroços, mas como isso é impossível, seguem as dicas para lidar com o problema.

Quando a azeitona vier compondo um prato e estivermos utilizando garfo e faca, levamos o garfo à boca, nele colocamos o caroço, fazendo um anteparo com a mão esquerda na frente, e depositamos o mesmo no canto do prato.

Se a azeitona for servida em forma de couvert, tira-gosto ou como petisco, tiramos da boca o seu caroço com os dedos, fazendo um anteparo com a outra mão na frente da boca. Nunca jogar o caroço no chão ou depositar o indesejado em recipientes como cinzeiros etc.

De qualquer forma, o mais adequado é agir com naturalidade e não fazer alarde quanto a esse detalhe, pequeno, mas que incomoda bastante!

Um comentário:

Anônimo disse...

Realmente, azeitona com caroço é um pé no saco.